. O Treino e as Graduações

Treino de Karate

 

Actualmente, o treino de Karate-Do é sistematizado e dividido em três componentes:

Kihon, Kata e Kumite.

 

1 – Kihon

O Kihon é a prática de técnicas fundamentais: Posições, defesas, ataques de braços, pontapés.

As técnicas básicas do Karate são passadas principalmente através do Kihon, pois ele vai ser a base para se fazer um kata bem feito e um Kumite melhor ainda.

É no Kihon que o karateca vai ganhar uma base forte e firme e também velocidade e força nos seus pés.

Através do Kihon, o karateca consegue atingir uma potência muito forte, reflexos e rapidez nos deslocamentos.

Mas somente a força muscular não permitirá que a pessoa se sobressaia nas artes marciais, o poder do kime (finalização) é essencial e resulta da concentração de força máxima no momento do impacto.

No Kihon também é treinada a movimentação em base com o movimento de anca, essencial a um movimento bem feito.

A anca está localizada aproximadamente no centro do corpo humano, e o seu movimento exerce um papel crucial na execução de vários tipos de técnicas do Karate.

Além de uma fonte de potência, a anca constitui a base de um espírito estável, de uma forma correcta e da manutenção de um bom equilíbrio.

No Karate recomenda-se “atacar com a anca” e “defender com a anca”.

 

2 – Kata

As katas são exercícios formais, ou movimentos estilizados de Karate executados de maneira encadeada e pré-determinada, representativos de um estilo de Karate.

As katas são a alma do Karate-Do, por permitir ao praticante o contacto com técnicas ancestrais e dar a ele uma visão da tradição que existe na arte.

Os iniciantes do Karate aprendem desde cedo que a kata é uma luta imaginária contra dois ou mais adversários, mas não imaginam que a espinha dorsal do Karate está fundamentada nas katas.

No estilo Shotokan actualmente são praticadas 26 katas.

Cada kata possui um objectivo, e dá ênfase a um determinado tipo de treino.

Existem katas, por exemplo, que têm como objectivo o desenvolvimento de agilidade (ENPI), desenvolvimento de contracção/expansão muscular (HANGETSU), desenvolvimento de uma base firme (SOCHIN), etc.

A tarefa é estudar os movimentos das katas e treinar aquela que for mais necessária, para desenvolver o que estiver mais precário na técnica do karateca.

Para isso é preciso já ter algum conhecimento e domínio técnico, e por isso só são recomendadas para praticantes graduados.

Com isso, pode-se concluir que as katas não são apenas uma “luta simulada”, sem nenhum sentido, como muitos costumam definir. As katas possuem objectivos e aplicações, e reúnem todo conhecimento e beleza do Karate-Do.

 

3 – Kumite

O kumite é o combate propriamente dito. No kumite, pode-se aplicar com a ajuda de um colega, as técnicas praticadas anteriormente com o treino de Kihon e kata.

O kumite pode ser praticado em vários níveis de dificuldade.

São eles: Gohon Kumite, Sanbon Kumite, Ippon Kumite, Ju Ippon Kumite, Ju Kumite, Shiai Kumite.

 

 

Graduações

 

9º Kyu – Branco

8º Kyu – Amarelo

7º Kyu – Laranja cintos

6º Kyu – Verde

5º Kyu – Azul

4º Kyu – Vermelho

3º Kyu – Castanho

2º Kyu – Castanho

1º Kyu – Castanho

1º Dan – Preto

2º Dan – Preto

10º Dan – Preto

 

Este sistema de graduação é apenas um entre muitos. Foi criado por Jigoro Kano, fundador do Judo e tem como base 9 Kyu’s e 10 Dan’s. Com o passar dos anos de treino os cintos vão se tornando cada vez mais escuros, até atingir o mais escuro (preto). Identifica-se o Branco como a cor da inocência, que indica que se tem a mente e o espírito “vazios”, alguém que é leigo nos aspectos espirituais do Karate-Do e que ainda não conhece bem as técnicas do Karate. Castanho é a cor da terra, a cor da solidificação. O cinto castanho indica que o praticante já se tornou competente, mas a sua mente ainda é fértil. Preto é a fusão de todas as cores e indica que passou pelas dificuldades e desafios necessários para superar os obstáculos encontrados nos primeiros anos de Karate. Aí começa o verdadeiro caminho do Karate. Com o passar dos anos o cinto preto ficará cada vez mais branco… Assim se completa o ciclo!

One response to “. O Treino e as Graduações

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s